24 maio 2007

Arminianismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Jacobus Arminius(1560–-1609)
Jacobus Arminius
(1560–-1609)

O Arminianismo tem o sua ideologia e seu nome derivados de Jacó Arminius ou no original Jacobus Arminius (1560–-1609), ministro e teólogo reformado holandês, deu surgimento ao sistema de interpretação conhecido como "arminianismo".

Essa Teologia exerceu um grande conflito no século XV, indo de encontro a uma outra tese levantada o Calvinismo, onde seu defensor e contemporâneo de Jacó Arminius era Franz Gomarus, que foi criticado por Jacó Arminius pelo seu ensino sobre a Predestinação.

Sua essência teológica

Jacó Arminius defendia a tese de que Deus determinou antecipadamente os salvos ao saber quem aceitaria sua oferta . Armínius pregava que, apesar da Queda no Éden, o homem ainda conserva o livre-arbítrio que lhe permite aceitar ou rejeitar livremente a oferta de salvação de Deus.

Arminianismo versus calvinismo

O conflito teológico de Jacó Arminius e Franz Gomarus em 1604, levou a Igreja a convocar o Sínodo Nacional da Igreja Reformada, em Dort, mais conhecido como o Sínodo de Dort,onde os defensores do calvinismo e do arminianismo debateram em 154 reuniões iniciadas em 13 de novembro 1618 e encerrada em 9 de maio de 1619, cujo o assunto era a Predestinação incondicional defendida pelo calvinismo e a predestinação condicional defendida pelo arminianismo.

Escolha soberana de Deus ou escolha do homem ?

Segundo o calvinismo

Como já foi mencionado, o calvinismo crê na Predestinação incondicional ou Dupla predestinação.

De acordo com o princípio da dupla Predestinação, Deus destinou antes da fundação do Universo um grupo que aceitariam Cristo para a salvação e vida eterna, o outro grupo permaneceram ignorantes perante Deus e o Evangelho. Eles estão condenados e irão passar a eternidade no inferno.

Deus tomou esta decisão antes da criação do Universo. As razões por que Deus a tomou são-nos desconhecidas. Mas é claro que não é por causa de quaisquer boas ações que eles foram escolhidos.

Pontos do calvinismo clássico

  • Crentes verdadeiros não podem perder sua fé, visto que ela é um dom de Deus.
  • Aqueles que morrem sem fé em Cristo são condenados.
  • Aqueles que perdem sua fé, desde o princípio nunca a tiveram.
  • Deus perseverará os crentes verdadeiros e eles serão salvos.
  • O crente que "perde a sua fé" nunca a teve realmente – ou pelo mesmo ela não estava em Jesus.

A base bíblica mais comum apresentada pelos calvinistas é:

Segundo o arminianismo

Como já foi mencionado o arminianismo crê na Predestinação condicional ou Livre Árbitrio humano.

De acordo com o princípio da Predestinação condicional, Deus destinou antes da fundação do Universo um grupo que aceitaria Cristo para a salvação e vida eterna, porém o homem possui o livre arbítrio para não aceitar essa fé, sendo assim condenado; por isso que todo aquele que não aceitou a Cristo e a fé ou abandonou a mesma, fez o uso do seu livre arbítrio, e todo aquele que aceitou a Cristo e perseverar na fé é salvo.

Pontos do arminianismo clássico:

  • A pessoa deve perseverar na fé para ser salva.
  • Crentes verdadeiros podem perder sua fé.
  • Aqueles que morrem sem fé em Cristo são condenados.
  • O crente que perde sua fé é condenado.
Referências

A base bíblica mais comum apresentada pelos o arminianistas é:

Postar um comentário
Google