28 fevereiro 2009

Devocional para Sábado, 28 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
  Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas,
porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no
mundo.
   -- 1 João 4:4

PENSAMENTO:
  O mundo pode ser um lugar hostil aos cristãos. No entanto, Deus
quer que seus filhos espirituais saibam que não estão sós. Ele
habita em nós pelo seu Espírito. Podemos ter certeza que não
importa qual espírito alguém possa ter, nós temos o Espírito Santo
de Deus, que é maior, mais poderoso e mais glorioso. A vitória é
nossa porque a presença de Deus em nós é maior do que qualquer
força que jamais enfrentaremos. Nossa vitória é certa sobre todas
as forças, poderes, espíritos, ou oponentes.

ORAÇÃO:
  Querido Pai, por favor, dê-me a confiança, ousadia e convicção
de suas promessas. Eu quero viver bravamente para a sua glória e de
acordo com a sua vontade. Obrigado por me dar poder para um viver
vitorioso através do seu Espírito que habita em mim. Ao Senhor
sejam toda a glória, majestade, e louvor. No nome de Jesus. Amém.

27 fevereiro 2009

Devocional para Sexta-feira, 27 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
  Porque eu, o SENHOR, teu Deus, te tomo pela tua mão direita e te
digo: Não temas, que eu te ajudo.
   -- Isaías 41:13

PENSAMENTO:
  A vida fica difícil e a gente deseja ser criança de novo, e ter
alguém para cuidar de nós e nos proteger. A promessa de Deus vem
mais uma vez ao nosso mundo confuso e caótico. Deus estende sua
mão, tomando a nossa e nos conforta, como um pai amoroso, com as
palavras: “Não temas, eu sou contigo. Eu lhe ajudarei.” Mesmo
quando ele parece distante, o eco deste pensamento pode nos lembrar
de que jamais estamos sozinhos ou somos esquecidos. (Heb 13:5-6).

ORAÇÃO:
  Pai, cuja presença e ajuda estão sempre presentes, por favor,
ajude-me a ter fé de que o Senhor está lá. Eu confesso que algumas
vezes em minha vida eu me senti só, e para mim o Senhor pareceu
distante. Por favor, pelo seu Espírito, ajude-me a lembrar da sua
proximidade e do seu cuidado. Nos meus momentos de luta e dúvida,
por favor, faça sua presença conhecida. No nome de Jesus. Amém.

26 fevereiro 2009

Confissões de Lucifer

Depois de passar 6.000 anos vagueando pela Terra, aprendi muito da natureza humana, suas fraquezas, virtudes e seus desejos mais secretos.
Tenho consciência que minha causa foi derrotada, entretanto estou trabalhando freneticamente para levar ao destino que me aguarda o maior número possível de pessoas, pois sei que pouco tempo me resta [1].
Não é fácil a vida de um adversário do Todo Poderoso, principalmente porque Ele conta com um exército fiel espalhado pelo mundo inteiro que com suas orações produzem uma reviravolta em todo mal que intento. Felizmente são poucos os que oram de verdade, porque a maioria está mais preocupada consigo mesma, outros começam bem, me incomodam, mas logo desistem, pois não têm perseverança.
Fico admirado com o fascínio que exerço sobre alguns crentes, que falam mais de mim que de Deus. Rio muito quando eles tentam me amarrar, e dizem que naquela cidade eu não entro mais. Pois acaba a oração e eu continuo fazendo as mesmas estripulias. O que esses cristãos não entendem é que não devem lutar contra mim, mas buscar Aquele que tem mais poder que eu. Quando eu quase destruí a vida de Jó, ele não me dirigiu uma palavra sequer, mas dizia o tempo todo que sua causa estava diante de Deus, e que o seu Redentor vive. Quando humilhei Paulo colocando-lhe um espinho na carne, ele não tentou me acorrentar, mas apresentou sua fraqueza a Deus, que lhe deu vitória. Sinceramente, com gente assim não dá pra lutar.
Tenho prazer especial em atormentar esses que ficam preocupados comigo o dia todo. Eles dizem que me vêem em todos os lugares, até onde eu nem estou.... é muito engraçado. Com tais eu nem me previno, pois sei que são cristãos inseguros da fé que dizem possuir. Eles fazem parte daquele grupo que faz uma boa propaganda de mim, pois julgam que possuo muito mais poder do que realmente tenho e afirmam que fiz coisas das quais nada tive a ver. Na verdade, eu sou um pobre diabo, condenado e derrotado, mas da forma que falam, é como seu fosse onisciente e onipotente. Será que eles não sabem que eu não posso fazer absolutamente nada sem a permissão do Todo Poderoso? Ah, se não fosse por Ele.... mas, tudo bem, a propaganda é a alma do negócio.
Sou constantemente acusado de tirar muita gente da igreja. É mentira! Eles saem por que são levados pelos seus próprios interesses. Não fui eu quem instigou o filho pródigo a sair da casa do pai [2] e Demas abandonou o apóstolo Paulo porque amou mais o mundo do que a Deus [3].
Não tenho pretensão de tirar ninguém da igreja, pelo contrário. Quero deixá-los lá, pois farei de tudo para que sejam frios, apáticos, que fiquem brigando entre si por bobagem, que se dividam, e façam panelinhas entre eles. No que depender de mim farei com que tenham uma vida tão miserável, que quando forem evangelizar ninguém vai querer ter uma vida igual a deles. Outra estratégia que uso muito é a de fazer com que os valores da igreja se pareçam cada vez mais com o mundo, pois assim quando as pessoas passarem a freqüentá-la, elas não precisarão mudar nada, e continuarão fazendo as mesmas coisas de antes. Não é genial?
Adoro soprar mentiras nos ouvidos das pessoas, afinal quero fazer jus ao meu nome de "pai da mentira". É, eu digo-lhes que são como gafanhotos e eles acreditam, digo-lhes que são uns derrotados e eles nem se levantam da cama, digo-lhes que Deus não os perdoou por tal e tal pecado e eles ficam cheios de culpa.
Confesso também que sinto um enorme prazer em oprimir aqueles que se recusam a perdoar ao seu irmão, pois recebi carta branca do Todo Poderoso para atormentá-los com toda sorte de espíritos malignos [4], dos quais eu sou o principal. E não ponham a culpa em mim, pois só posso fazer isso se o cristão recusar a liberar perdão, pois quando ele perdoa é horrível a sensação de paz daquele coração, e eu saio correndo dali.
Acho muito engraçado quando usam sal grosso e oração forte contra mim. Nem ligo. Agora, o que eu temo mesmo é uma vida santificada. Contra um crente santificado, fiel e que tem a Palavra guardada no coração, desse eu fujo [5].
Como minha hora se aproxima eu estou trabalhando num projeto grandioso para este século. É uma estratégia tão ardilosa que são poucos os que a percebem. Todos buscam uma divindade para adorar, por isso eu estou dando "Deus" de todos os tipos e para todos os gostos. Eu estou enchendo o mundo de "Deus" para que eles fiquem tão confundidos que não saibam quem é o verdadeiro. Cada um pode ter o seu, do jeito que quiser. Vocês não imaginam como o povo gosta dessas novidades. Tenho queimado as pestanas inventando sacrifícios, novos rituais, e tenho levantado líderes que falam muito de Jesus, mas são meus súditos. Adoro soprar ventos de doutrinas porque os meninos na fé acreditam em tudo.
O meu objetivo com isso? Confundi-los e fazê-los imaginar que estão servindo a Deus. Agora, eu não aceito levar a culpa de tudo sozinho - eu só dou o que eles querem. Eles gostam do brilho, eles buscam glória pra si, eles crêem em todas as formas de misticismo, e eu nunca imaginei que esse povo gostasse tanto de ídolos. Séculos atrás lhes dei um bezerro de ouro, mas agora eles querem ídolos que cantam, que pregam, que profetizam....
Muitos falam que eu sou feio, e até pintam quadros horríveis dizendo que eu tenho chifres, pêlos e cara de bode. Desde a minha criação sou muito vaidoso e jamais aceitaria ser desta forma. Se vocês ouvissem aquele tal apóstolo Paulo saberiam como eu sou de verdade - sempre fui um anjo de luz, fala mansa, voz agradável, boa aparência e muito convincente [6]. Felizmente são poucos os que me reconhecem.
Para terminar, eu quero dizer a todos que não sou ateu ou agnóstico. Eu creio e tremo diante de Deus [7]. Mas eu não consigo, não consigo me submeter. Submissão significa obediência, e eu não quero ser servo. Aliás, tem muita gente indo comigo que também crê em Deus, pratica seus atos religiosos, freqüenta igreja, e é dessa mesma opinião.

Notas:
[1] Ap 12.12
[2] Lc 15.12
[3] 2Tm 4.10
[4] Mt 18.34-35
[5] Tg 4.7
[6] 2Co 11.14
[7]Tg 2.19

JC Forever

Devocional para Quinta-feira, 26 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
  Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu
sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a
minha destra fiel. 11 Eis que envergonhados e confundidos serão
todos os que estão indignados contra ti; serão reduzidos a nada, e
os que contendem contigo perecerão.
   -- Isaías 41:10-11

PENSAMENTO:
  As bênçãos de Deus não apenas repousam sobre nós, sua presença
vai conosco. Nem podermos estar num lugar onde ele também não
esteja conosco (Sal 139). Sua presença e poder nos sustentarão e
fortalecerão. Independente do que venha a acontecer nos nossos
corpos físicos ou mundos físicos, Deus nos deu triunfo sobre  todo
inimigo e toda maldade, em Jesus. Até os que duvidam de Jesus e são
seu inimigos adorarão nosso Senhor e se ajoelharão aos seus pés, e
reconhecerão que nossa fé não é só certa, mas também vitoriosa. (1
Tes. 1)

ORAÇÃO:
  Obrigado, querido Pai! O Senhor não é apenas o Deus dos Céus,
mas também o meu Deus. O Senhor me conhece e se importa comigo. O
Senhor escuta meus clamores por ajuda e misericórdia. O Senhor
compartilha nas minhas lutas e cargas. Por favor, livre-me de todo
inimigo, tanto físico quanto espiritual, e dê-me ousadia para
permanecer firme na fá no Senhor. Eu lhe peço isto no nome de
Jesus. Amém

25 fevereiro 2009

Dízimo -- preceito cristão?

Alderi Souza de Matos

A prática do dízimo é um tema controvertido nas igrejas evangélicas, tendo, de um lado, defensores apaixonados e, do outro, críticos ardorosos. Para alguns, é uma espécie de legalismo judaico preservado na igreja cristã. Para outros, trata-se de uma norma divina que tem valor permanente para o povo de Deus, na antiga e na nova dispensação. Os críticos do dízimo afirmam que sua obrigatoriedade é contrária ao espírito do evangelho, pois Cristo liberta as pessoas das imposições da lei. Os defensores alegam que essa posição é interesseira, porque permite às pessoas se eximirem da responsabilidade de sustentar generosamente a igreja e suas atividades. O grande desafio nessa área é encontrar o equilíbrio entre tais posições divergentes. O que está em jogo é uma questão mais ampla -- o conceito da mordomia cristã, do uso que os cristãos fazem de seus recursos e bens.

Os dados bíblicos
O dízimo (do latim “decimu”) pode ser definido como a prática de dar a décima parte de todos os frutos e rendimentos para o sustento das instituições religiosas e dos seus ministros. Trata-se de um costume antigo e generalizado, sendo encontrado tanto no judaísmo como nas culturas vizinhas do Oriente Médio. Essa prática é claramente estabelecida no Antigo Testamento, sendo até mesmo anterior à lei de Moisés (Gn 14.20; 28.22). O dízimo era devido primariamente a Deus, como expressão de gratidão por suas bênçãos e consagração a ele. Mais tarde, tornou-se um preceito formal na vida religiosa dos hebreus (Lv 27.30-32), sendo destinado especificamente para o sustento dos levitas (Nm 18.21-24). Em Deuteronômio, está associado a uma refeição comunitária festiva e ao auxílio aos necessitados (12.17-19; 14.22-29; 26.12-14). Às vezes era dado liberalmente (2Cr 31.5-6; Ne 10.37-39; 12.44) e em outras ocasiões retido fraudulentamente (Ml 3.8-10).

Nos escritos do Novo Testamento, o dízimo é mencionado explicitamente apenas nos Evangelhos e na epístola aos Hebreus, sempre em relação aos judeus. Jesus aprovou a prática, mas a censurou quando se tornava uma expressão de frio legalismo (Mt 23.23; Lc 11.42; 18.12; ver Am 4.4). Em Hebreus, é mencionado em conexão com Melquisedeque, uma figura do sacerdócio de Cristo (7.1-10). As epístolas paulinas falam muito sobre ofertas para a comunidade, mas sua ênfase maior é sobre as contribuições voluntárias (2Co 9.6-7). O Novo Testamento não fornece muitas informações sobre o sustento do trabalho regular da igreja. Todavia, as informações disponíveis destacam atitudes como gratidão, fé, amor e generosidade como motivações centrais da mordomia cristã.

O dízimo na história
No início da igreja, a informalidade e a simplicidade das estruturas não exigiam muitos recursos para sua manutenção. Não havia templos nem ministério em tempo integral (muitos líderes eram “fazedores de tendas”, como Paulo). A maior carência estava na área social ou beneficente. Daí a grande ênfase nas ofertas, principalmente em situações de particular necessidade (ver 1Co 16.1-4; 2Co 8.1–9.15). No entanto, o princípio de que a contribuição devia ser marcada pelo desprendimento e liberalidade se manteve, como se pode ver na “Didaquê”, um manual eclesiástico do 2º século: “Tome uma parte do seu dinheiro, da sua roupa e de todas as suas posses, segundo lhe parecer oportuno, e os dê conforme o preceito” (13.7). No final do mesmo século, Irineu de Lião se referiu aos cristãos como aqueles que “separam todas as suas posses para os propósitos do Senhor, entregando de modo alegre e espontâneo as porções não menos valiosas de sua propriedade” (“Contra as heresias” IV.18).

Com o passar do tempo e a crescente institucionalização da igreja, houve a necessidade de uma forma padronizada de contribuição. Com isso, recorreu-se ao precedente bíblico já conhecido e testado por muito tempo -- o dízimo. Ao longo dos séculos, ele se tornou obrigatório -- uma espécie de imposto eclesiástico -- e na época de Carlos Magno passou a integrar a lei civil. No final da Idade Média surgiram abusos quando os dízimos, em certos casos, se tornaram um instrumento para a compra de cargos eclesiásticos (simonia). Houve controvérsias quando as pessoas buscavam fugir ao pagamento dos dízimos enquanto outras tentavam se apropriar desses rendimentos para si mesmas. Os países que tinham igrejas estatais recolhiam os dízimos dos fiéis em troca do sustento da igreja e do pagamento dos salários dos ministros (côngrua). No Brasil colonial, em virtude do sistema conhecido como “padroado”, o dízimo se tornou o principal tributo arrecadado pelo estado português.

Validade atual
A questão que se coloca é a seguinte -- o dízimo é valido hoje em dia para os cristãos? É uma forma legítima de contribuição cristã? São muitos os fatores a serem considerados na busca de uma resposta. Em primeiro lugar, é preciso atentar para o ensino bíblico global sobre o lugar que os bens devem ter na vida do crente. Deus é o senhor e proprietário supremo de todas as coisas. Os seres humanos são mordomos, ou seja, administradores dos recursos e dádivas de Deus. Aqueles que realmente o amam, são gratos por suas bênçãos e querem servi-lo, se sentirão movidos intimamente a contribuir para causas que engrandecem o seu nome. A segunda consideração é pragmática. A igreja é uma associação voluntária. Ela não tem outra fonte estável de sustento a não ser as contribuições dos seus membros. As ofertas ocasionais comprovadamente são insuficientes para atender a todas as necessidades financeiras da comunidade cristã. Torna-se necessário um método de contribuição que seja regular, generoso e proporcional aos recursos dos fiéis.

Outro argumento se baseia numa comparação entre Israel e a igreja. Os cristãos entendem que têm recebido bênçãos muito maiores que a antiga nação judaica. O que para esta estava na forma de promessas, para os cristãos são realidades concretas, presentes. A vinda do Messias, sua obra de redenção, seus ensinos e os de seus apóstolos (o Novo Testamento), a dádiva do Espírito Santo e a revelação mais plena da vida futura são exemplos desses grandes benefícios usufruídos plenamente na nova aliança. Daí decorre o seguinte raciocínio: se Deus prescreveu o dízimo para o antigo povo de Israel, seria de se esperar que ele requeresse menos dos cristãos, detentores de maiores dádivas? Portanto, muitos estudiosos concluem que o dízimo deve ser, não o teto da contribuição cristã, mas o piso, o mínimo, o ponto de partida.

Conclusão
A questão do dízimo é tão difícil para muitos cristãos porque toca numa parte sensível da sua vida -- o bolso. Parece excessivo entregar um décimo dos rendimentos para Deus, para a causa de Cristo. Nem todos têm o desprendimento e a generosidade da pobre viúva elogiada por Jesus (Mc 12.41-44). Todavia, o dízimo pode ser uma bênção na experiência do cristão em dois sentidos. Primeiro, como um desafio para a sua vida espiritual. Dar o dízimo pressupõe uma relação de amor, gratidão e compromisso com Deus e com as pessoas que serão beneficiadas com essa contribuição. Em segundo lugar, é também um desafio para a melhor administração da vida financeira. Muitas pessoas têm dificuldade em contribuir para a igreja e suas causas porque são desorganizadas em suas finanças, gastam mais do que podem, não têm um senso de prioridades em seu orçamento. A prática do dízimo produz uma disciplina que beneficia outras áreas da vida. Para aqueles que querem trilhar esse caminho, a sugestão é que comecem a aumentar gradativamente a sua contribuição, até atingir o padrão do Antigo Testamento... e então ir além dele.


Alderi Souza de Matos é doutor em história da igreja pela Universidade de Boston e historiador oficial da Igreja Presbiteriana do Brasil. É autor de A Caminhada Cristã na História e “Os Pioneiros Presbiterianos do Brasil”. asdm@mackenzie.com.br

Ultimato

Devocional para Quarta-feira, 25 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
  O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o
rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o SENHOR sobre ti
levante o rosto e te dê a paz.
   -- Números 6:24-26

PENSAMENTO:
  Você gostaria de abençoar pessoas que você ama com o poderoso
nome do SENHOR? Deus prometeu que sua bênção sacerdotal depositava
seu nome (com seu poder e autoridade) no seu povo. Que dom incrível
que nós temos o poder de dar a outros, apenas com nossas palavras
fiéis.

ORAÇÃO:
  Ó SENHOR de todo bom e perfeito presente, suas bênçãos são
demais para contar e maravilhosas demais para compreender. Por
favor, use-me para compartilhar aquelas bênçãos com outros. Dá-me
olhos para ver e ouvidos para ouvir para que eu posso compartilhar
suas bênçãos com outros hoje! No nome de Jesus, sua bênção maior,
eu oro. Amem.

24 fevereiro 2009

Hein?

Devocional para Terça-feira, 24 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
O que a mim me concerne o SENHOR levará a bom termo; a tua
misericórdia, ó SENHOR, dura para sempre; não desampares as obras
das tuas mãos.
-- Salmos 138:8

PENSAMENTO:
Primeiro há a convicção: O SENHOR terminará sua obra em nós
(Fil. 1:6). Segundo, há a declaração: o amor do SENHOR dura para
sempre e não falha (1 Cor 13:8). Finalmente, há a súplica: Ó
Senhor, não se esqueça de mim, a obra das suas mãos (Sal
139:13-16). Que lindo equilíbrio para a nossa caminhada com o
Senhor!

ORAÇÃO:
Pai do Céu e SENHOR de todas as coisas, eu tenho confiança de
que o Senhor cumprirá sua vontade e seu propósito em mim. Vendo o
quanto o Senhor amou e operou através dos séculos nas pessoas
comuns que eu vejo nas Escrituras, tenho certeza de que o seu amor
durará por muito tempo, quando eu nem estiver mais aqui. No
entanto, Senhor, eu estou lutando com algumas dificuldades, e eu
lhe peço que o Senhor interfira com sua graça e poder na minha
vida. No nome de Jesus eu oro. Amém.

23 fevereiro 2009

Devocional para Segunda-feira, 23 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
A tua destra, ó SENHOR, é gloriosa em poder; a tua destra, ó
SENHOR, despedaça o inimigo.
-- Êxodo 15:6

PENSAMENTO:
Uma das maiores figuras do Antigo Testamento é a de Deus
estendendo seu braço poderoso e fazendo coisas incríveis pelo seu
povo. Tantas vezes Israel se viu enfrentando um inimigo maior e
mais experiente. Ainda assim, quando o povo confiou totalmente no
Senhor, ele lhes deu grande vitória.

ORAÇÃO:
Pai, grande em santidade e majestade, por favor, sustente-me e
fortaleça-me com seu poder e sua graça. Obrigado por despedaçar o
poder do meu maior inimigo. Por favor, dê-me coragem no Senhor. No
nome de Jesus. Amém.

Devocional para Domingo, 22 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao
amor e às boas obras. Não deixemos de congregar-nos, como é costume
de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes
que o Dia se aproxima.
-- Hebreus 10:24,25

PENSAMENTO:
Nós precisamos uns dos outros. Não conseguiremos sozinhos. Deus
nos chama a nos reunir regularmente para encorajar e motivar uns
aos outros, para viver vidas vibrantes de serviço e fé. Com o dia
da volta de Cristo e nossa vitória final em vista, devemos estar
motivados mais ainda ajudar e encorajar uns aos outros.

ORAÇÃO:
Senhor Deus, obrigado por me dar uma família cristã para me
encorajar e me motivar a servir outros. Por favor, use-me para
abençoar outros quando nos reunirmos no nome de Jesus para
adorá-lo. No nome do Senhor Jesus eu oro. Amém.

21 fevereiro 2009

Devocional para Sábado, 21 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
  Por isso, o SENHOR espera, para ter misericórdia de vós, e se
detém, para se compadecer de vós, porque o SENHOR é Deus de
justiça; bem-aventurados todos os que nele esperam.
   -- Isaías 30:18

PENSAMENTO:
  Deus é tardio em exercer sua justiça, quando esta implica na
punição de seu povo. “Gracioso e tardio em se irar” é uma frase
usada repetidas vezes para descrever Deus no Antigo Testamento.
Deus anseia para ser gracioso para conosco e para abençoar seu
povo. Ele prolonga o tempo, a fim de que nos arrependamos e
tornemos para Ele. Em Cristo, Ele até nos dá seu próprio Filho como
sacrifício expiatório pelos nossos pecados. Ouçamos o coração de
Deus e respondamos virando nossas vidas e nossos corações àquele
que anseia por nós.

ORAÇÃO:
  Deus Poderoso e Pai, eu não posso expressar toda a minha
gratidão pelo seu amor e misericórdia demonstrados nos sacrifício
de Seu Filho pelos meus pecados. Por favor, perdoe-me pelas vezes
em que não demonstrei ao Senhor minha apreciação pela sua graça,
intencionalmente e com todo meu coração, na maneira em que vivo.
Por favor, aperfeiçoe-me pelo seu Espírito, da mesma maneira como o
Senhor me perdoou e me lavou pela sua graça. No nome de Jesus eu
oro. Amém.

20 fevereiro 2009

O Blog do Hasbadana recebeu a indicação Olha que Blog Maneiro do blog da Maya. Agradeço a indicação.


Quero frazer diferente de todos e fugir um pouco à regra. indicando todos os blogs que constam em meu blogroll como "Blogs Maneiros". Portanto aos que estão linkados no Hasbadana, sintam-se á vontade para usar este selo: "Olha que Blog Maneiro"

As regras são as seguintes:

1. exibir a imagem "olha que blog maneiro" que acabei de ganhar;
2. postar o link do blog que me indicou;
3. indicar 10 blogs de minha preferência;
4. avisar meus indicados;
5. publicar as regras;
6. conferir se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.

O Blog que indicou o Blog do Hasbadana:

 Blog da Maya

Devocional para Sexta-feira, 20 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
O homem que tem muitos amigos sai perdendo; mas há amigo mais
chegado do que um irmão.
-- Provérbios 18:24

PENSAMENTO:
Amigos íntimos espirituais - o tipo que pode se aproximar e nos
“checar” quando precisamos, que nos anima quando estamos “pra
baixo”, que comemora conosco quando somos bem sucedidos - são muito
raros! Tantas pessoas são solitárias; estão sedentas de algo ou de
alguém que nunca tiveram. Nossa cultura ocidental moderna tem uma
tendência de ter conhecidos e colegas, ao invés de amigos e
companheiros. Quando as coisas não vão bem, ou não temos nada a
oferecer, colegas vão embora, desaparecem.No entanto, há amigos
verdadeiros, cujo compromisso e dedicação são mais profundos até
mesmo do que o da família carnal. Como sei disto? Deus prometeu! Eu
já vi! Minha família tem tido esta bênção! Então, ouçamos o pedido
daquele tipo de amigo feito por outras pessoas, e ao atendê-lo,
pode ser que acharemos aquele tipo de amigo para nós.

ORAÇÃO:
Pai Gracioso e Santo, muito obrigado por me chamar para a sua
família. Por favor, abençoe-me enquanto tento entrar em
relacionamentos significativos com outros membros da sua família.
No nome de Jesus eu oro. Amém.

19 fevereiro 2009

Devocional para Quinta-feira, 19 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Vindicarei a santidade do meu grande nome, que foi profanado
entre as nações, o qual profanastes no meio delas; as nações
saberão que eu sou o SENHOR, diz o SENHOR Deus, quando eu vindicar
a minha santidade perante elas.
-- Ezequiel 36:23

PENSAMENTO:
Deus pode nos usar e nos usará, apesar de não sermos vasos
dignos de sermos usados por Ele. As Escrituras nos dão muitos
exemplos de pessoas através das quais Deus operou, apesar de não
atingirem os padrões morais e a santidade de Deus - por exemplo,
pense em Sansão e na maioria dos outros juízes! Deus será revelado
como o santo, poderoso e maravilhoso Deus que Ele é. Então, não
sejamos ferramentas que não querem servi-lo. Ofereçamo-nos ao seu
serviço e para a sua glória.

ORAÇÃO:
Santo Pai, faça-me puro e santo, não apenas pela sua graça, mas
também nas minhas ações, palavras e pensamentos. Crie um coração
puro em mim e renove em mim um espírito justo, através do seu
Espírito Santo. Que minha vida seja um sacrifício de louvor ao
Senhor. No nome de Jesus eu oro. Amém

18 fevereiro 2009

Devocional paraQuarta-feira, 18 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo
ceifaremos, se não desfalecermos.
-- Gálatas 6:9

PENSAMENTO:
Cansaço é uma parte da vida. Cansaço é parte do ministério.
Cansaço é algo que com certeza sobrevém sobre nós quando temos o
propósito em nossos corações de fazer o bem aos outros. No entanto,
a bênção maravilhosa de Deus é que ele nos renovará, nos sustentará
e nos reanimará. Ele faz isto através da palavra de encorajamento
de um amigo. Ele faz isto através da sua presença em nós, o
Espírito Santo. Ele faz isto através de canções que animam nosso
coração. Ele faz isto através das Escrituras e de oração. Então,
quando nossos corpos e nossos corações estiverem cansados, não
deixemos nossas mãos descaírem. Se nós servirmos com fidelidade,
disciplina e integridade, a graça de Deus nos dará poder para fazer
o que Ele nos chamar a fazer.

ORAÇÃO:
Querido Pai do Céu, eu confesso que às vezes fico cansado e
desencorajado no meu serviço ao Senhor e para os outros. Por favor,
repreenda-me quando eu estiver negligenciando o sono, exercício, e
bons hábitos alimentares, e dê-me poder para conseguir resolver
esses problemas na minha vida. Humilhe-me brandamente quando eu
negligenciar minha nutrição espiritual. Eu quero servi-lo
eficazmente e ativamente, querido Pai, todos os dias da minha vida.
Eu peço isto no nome de Jesus. Amém.

17 fevereiro 2009

Devocional para Terça-feira, 17 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Porque o teu Criador é o teu marido; o SENHOR dos Exércitos é o
seu nome; e o Santo de Israel é o teu Redentor; ele é chamado o
Deus de toda a terra.
-- Isaías 54:5

PENSAMENTO:
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira…” “O Pai, de quem toma
o nome toda família na terra…” Deus não é só o Deus de Israel. O
SENHOR Deus, que governa os céus e a terra, é o Deus de todas as
nações, e um dia, “todo joelho se dobrará e toda língua confessará…
que Jesus Cristo é o Senhor para a glória de Deus Pai.”

ORAÇÃO:
Grande Redentor e Pai de todas as nações, humildemente eu venho
diante do seu trono e ofereço minha gratidão e meu louvor por tudo
que o Senhor tem feito para nos abençoar, seu povo. Por favor,
deixe-me conhecê-lo e ter consciência da sua presença na minha vida
diariamente. Perdoe-me, querido Pai, quando não tenho sido um bom
local para a sua graça e seu nome habitarem. Obrigado por me
redimir do pecado que antes me aprisionava. Guarde meu coração e
salve-me de mentiras enganadoras do Mal. No nome de Jesus eu oro.
Amém.

16 fevereiro 2009

Devocional para Segunda-feira, 16 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Porque, em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão
têm valor algum, mas a fé que atua pelo amor.
-- Gálatas 5:6

PENSAMENTO:
Já pensou como reclamamos de coisas que são importantes, mas que
ainda não são as coisas mais importantes da nossa fé? Tão
freqüentemente, quando brigamos, perdemos de foco a coisa mais
importante. No primeiro século, as disputas geralmente eram
relacionadas a diferenças entre judeus e gentios. Ao mesmo tempo em
que raça, cultura e herança são importantes, o que é mais
importante ainda é mostrar ao mundo que podemos valorizar
diversidade cultural entre nós, mas ainda encontrar nossa união em
Cristo. No nosso mundo altamente tecnológico de hoje, é
interessante que o assunto mais importante ainda é o mesmo de dois
mil anos atrás - fé manifesta em atos de amor.

ORAÇÃO:
Querido Senhor, por favor ajude-nos a derrubar toda parede que
divide e separa o seu povo. Perdoe-nos por nossa mesquinhez e
preconceito uns contra os outros. Desperte em nós um desejo
profundo de compartilhar a unidade do céu no nosso mundo de hoje.
No nome de Jesus, o sacrifício expiatório por todos os povos da
Terra, eu oro. Amém.

Devocional para Domingo, 15 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a
Deus ame também a seu irmão.
-- 1 João 4:21

PENSAMENTO:
Por mais de uma semana João tem nos lembrado várias vezes. Nós
precisamos amar nossos irmãos em Cristo. Este lembrete é decisivo.
Se nós amamos a Deus, nós devemos amar nossos irmãos e irmãs em
Cristo. Note que ele não diz “deveríamos”, ou “tentaremos” ou
“queremos”. Não, ele diz “ame”, no imperativo. Deus é claro. O amor
uns pelos outros não é opcional, negociável, nem algo a ser adiado.
Deus mandou Jesus para morrer pelos pecados de todos os filhos de
dele. Como podemos não amar aqueles para quem Cristo deu tanto?
Como Paulo disse aos Coríntios, “O amor de Deus nos completa!”
AMEMOS!

ORAÇÃO:
Soberano SENHOR, perdoe-me por às vezes amar os seus filhos de
maneira seletiva. Eu peço agora que o Senhor abençoe, nutra,
sustente meus irmãos e irmãs em Cristo. Eu quero orar em particular
por vários dos seus filhos que têm grandes tribulações e fardos…
(por favor, cite os nomes de alguns que você sabe que precisam da
ajuda de Deus nesta área). Além do mais, querido Pai, por favor
use-me para ministrar a eles de maneira concreta. No nome de Jesus
eu oro. Amém.

14 fevereiro 2009

Devocional para Sábado, 14 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Dou graças ao meu Deus por tudo que recordo de vós,
-- Filipenses 1:3

PENSAMENTO:
Certas pessoas são uma bênção! Não faz diferença se falamos com
elas ao telefone, recebemos um E-mail encorajador, ou as vemos face
a face. Sempre que nos lembramos delas, nós damos graças por elas.
Então, sigamos o exemplo de Paulo e digamos a elas que elas são
motivo de agradecimentos nossos a Deus.

ORAÇÃO:
Amado SENHOR, obrigado por …(coloque o nome de várias pessoas
que abençoam a sua vida aqui). Eles têm abençoado a minha vida de
tantas maneiras, que agora eu lhe peço para abençoar suas vidas com
a sua graça, poder, e Espírito. No nome de Jesus eu oro. Amém.

13 fevereiro 2009

Devocional para Sexta-feira, 13 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso;
pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a
Deus, a quem não vê.
-- 1 João 4:20

PENSAMENTO:
Ó, como eu amo Jesus! - diz a canção. Jesus responde perguntando
como está indo o nosso amor para com os nossos irmãos! Não amamos a
Deus se não amarmos aqueles que estão ao nosso redor.

ORAÇÃO:
Perdoe-me, querido Pai, pelas vezes em que acalento mesquinhez
no meu coração, ou que não perdôo quem precisa da minha graça. Eu
reconheço que quando não amo meu irmãos, eu não amo o Senhor. Por
favor, abençoe-me enquanto tento resgatar alguns relacionamentos
cristãos que não têm ido muito bem recentemente. Que estes
relacionamentos restaurados possam trazer glória ao Senhor e
vitalidade à sua igreja. No nome de Jesus eu oro. Amém

12 fevereiro 2009

Devocional para Quinta-feira, 12 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Nós amamos porque ele nos amou primeiro.
-- 1 João 4:19

PENSAMENTO:
Como seres humanos, gostamos de pensar em nós mesmos como o
centro do Universo. Nós medimos a grandeza ou validade da maioria
das obras de acordo com o impacto sobre nós. Consideramo-nos
grandes aventureiros, inventores e investigadores. No entanto, na
maior conquista de todos os tempos, nós não agimos primeiro; Deus
agiu. Ele nos amou sacrificialmente. Ele nos amou pessoalmente. Ele
nos amou primeiro. Nosso amor é uma resposta à sua graça. Nosso
amor simplesmente consiste em compartilhar com outros o que foi
derramado sobre nós. Nós amamos porque ele nos amou primeiro.

ORAÇÃO:
Deus Poderoso e Pai, no decorrer destes últimos dias, eu tenho
tentado compreender seu amor por mim e meus semelhantes. Eu não
digo que compreendo seu amor, mas sei que o senhor tem me abençoado
com ele de maneiras que eu jamais poderia ter imaginado. Então por
favor, querido Pai, ajude-me a lembrar do seu amor quando eu sou
tentado, quando duvido dele, ou do meu valor. Eu quero seu amor
refletindo no meu dia-a-dia. Obrigado por amar poderosamente.
Obrigado por amar sacrificialmente. Acima de tudo, obrigado por
amar primeiro! No nome de Jesus eu agradeço. Amém.

11 fevereiro 2009

Devocional para Quarta-feira, 11 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o
medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é
aperfeiçoado no amor.
-- 1 João 4:18

PENSAMENTO:
Existem vários tipos de medo. Alguns são legítimos. Outros são
imaginários. Ainda outros são irracionais. Felizmente, como
cristãos, não precisamos ter medo do evento crucial nas nossas
vidas - julgamento. O amor de Deus nos salva, nos dá poder, nos
abençoa, opera em nós, e toca outros através de nós. Acima de tudo,
tendo experimentado este amor, nós podemos lançar fora o medo dos
nossos corações porque nós sabemos aonde estamos em relação a Deus.
Ele é nosso Pai amoroso, que anseia nos levar para casa.

ORAÇÃO:
Santo, majestoso, e tremendo Deus, o Senhor é poderoso! A sua
santidade é incomparável. Seus atos para conosco são justos e
corretos. Acima de tudo, querido Pai, eu lhe agradeço porque o
Senhor não me trata segundo os meus pecados merecem. Ó Senhor, o
Senhor me trata com graça, abençoando-me com redenção e
transformação. Seu amor me dá confiança para viver para o Senhor e
para aguardar o dia em que estarei diante do Senhor. Até aquele
dia, eu lhe ofereço minha gratidão e louvor. No santo nome de Jesus
eu oro. Amém.

10 fevereiro 2009

Devocional para Terça-feira, 10 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Nisto é em nós aperfeiçoado o amor, para que, no Dia do Juízo,
mantenhamos confiança; pois, segundo ele é, também nós somos neste
mundo.
-- 1 João 4:17

PENSAMENTO:
Quando amamos como Jesus amou, nós podemos ter a mesma confiança
ao enfrentar a morte e perante Deus no julgamento. Nossa confiança
não se baseia nos nossos esforços, mas no nosso Salvador. O amor
dele não apenas nos redimiu, mas também nos mudou. O amor dele não
é apenas um presente para nós, mas é um presente através de nós.
Nós podemos ter confiança porque sabemos que a vida de Jesus está
presente em nós, até que estejamos ao lado dele na presença do
nosso Pai.

ORAÇÃO:
Santo Pai, obrigado pelo poder para amar outros. Obrigado pela
confiança que seu amor me dá. O Senhor fez tanto para me salvar.
Obrigado pela sua graça amorosa. No nome de Jesus eu oro. Amém.

09 fevereiro 2009

Devocional para Segunda-feira, 9 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é
amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus,
nele.
-- 1 João 4:16

PENSAMENTO:
Nós podemos ter certeza de que Deus nos ama. Ele quer que
vivamos no seu amor e sejamos abençoados por ele. Este amor é mais
do que a graça que nos alcança quando somos salvos. O amor de Deus
se estende por nós. Seu amor é redentivo no nosso comportamento
amoroso para com os outros. Sua presença é vista nas nossas
atitudes e obras com amor. Deus quer que seu amor seja
compartilhado por nós com outros. Desta maneira, somos abençoados
quando recebemos e também quando compartilhamos seu amor.

ORAÇÃO:
Pai no céu, eu me sustento no seu amor. Eu não posso imaginar
minha vida sem ele. Eu ficaria totalmente perdido. No entanto, eu
sei que o Senhor me ama, Pai. Eu tenho confiança no meu futuro,
cheio de alegria neste momento, e esperando ansiosamente até que
seu amor seja completamente revelado na vinda de Cristo. Obrigado
por me amar. No nome de Jesus eu lhe agradeço. Amém.

08 fevereiro 2009

Devocional para Domingo, 8 de Fevereiro, 2009

Domingo, 8 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece
nele, e ele, em Deus.
-- 1 João 4:15

PENSAMENTO:
Jesus é o Filho de Deus. Seis palavras simples. No entanto, elas
são a porta que abre o nosso coração para Deus. Então, hoje à
noite, ao confessar Jesus como filho de Deus, receba Deus em seu
coração conscientemente e intencionalmente. O pai vive na pessoa
que confessa o Filho!

ORAÇÃO:
Pai, eu quero viver minha vida e centralizar meu coração no
Senhor. Alegremente eu confesso que Jesus é o Filho de Deus, meu
Senhor e meu Salvador. Eu lhe louvo e lhe agradeço no nome de Jesus
Cristo. Amém.

07 fevereiro 2009

Devcional para Sábado, 7 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Nisto conhecemos que permanecemos nele, e ele, em nós: em que
nos deu do seu Espírito.
-- 1 João 4:13

PENSAMENTO:
Nosso sinal de autenticidade que mostra que somos
verdadeiramente filhos de Deus é o Espírito Santo que habita em
nós. O Espírito ajuda para que o caráter de Deus seja revelado nas
nossas vidas (Gl. 5:22). O Espírito nos ajuda quando oramos (Rm
8:26-27). O Espírito nos dá poder para resistir ao pecado (Rm 8:13)
e nos dá força para fazer coisas que jamais imaginávamos que seriam
possíveis (Ef 3:14-21). O Espírito nos conforta no nosso
quebrantamento e faz a presença de Deus real em nossas vidas (Jo
14:15-26). O Espírito é o sinal mais verdadeiro de que somos filhos
de Deus (Rm 8:9, 14-16). Obrigado, Deus, pelo abençoado Espírito
Santo!

ORAÇÃO:
Pai, eu lhe louvo pela sua santidade, majestade e poder. Eu lhe
agradeço pela sua amável graça. Eu recebo seu amor sacrificial
humildemente, o qual me salvou. Mas hoje, querido Pai, eu lhe
agradeço acima de tudo pelo seu Espírito Santo, que habita em mim,
que me dá poder, que me limpa, que me conforta, e que faz a sua
paternidade acessível e real na minha vida. Obrigado, no nome de
Jesus, do fundo do meu coração! Amém

06 fevereiro 2009

Devocional para Sexta-feira, 6 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Ninguém jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus
permanece em nós, e o seu amor é, em nós, aperfeiçoado.
-- 1 João 4:12

PENSAMENTO:
Que pensamento incrível! Deus pode ser visto no meu lar. O Pai
do universo vive em minha igreja. O amor do Deus Todo Poderoso pode
ser reconhecido na minha vida. Como assim? Quando eu amo os que
estão ao meu redor, quando eles também me amam, quando escolhemos
ser amáveis ao invés de ser mesquinhos, críticos e duros , a
presença de Deus, Seu poder e perfeição são revelados em nós!

ORAÇÃO:
Ó Pai, por favor, faça sua presença, poder e perfeição serem
conhecidos através do meu amor pelos seus filhos, e do amor deles
uns pelos outros. No nome de Jesus eu oro. Amém.

05 fevereiro 2009

Devocional para Quinta-feira, 5 de Fevereiro, 2009

Quinta-feira, 5 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar
uns aos outros.
-- 1 João 4:11

PENSAMENTO:
Nós somos amados pelo Criador do Universo. Ele nos conhece
pessoalmente. Nosso Pai do céu se importa tremendamente conosco.
Apesar de Deus conhecer nossas fraquezas e pecados, Ele se dispôs a
pagar o terrível preço para nos redimir. Mesmo que às vezes sejamos
fracos ou rebeldes, ele nos ama, nos perdoa, e nos recebe de volta
quando estamos dispostos a confessar nossos pecados e a voltar para
a casa dele. Então, se Deus tem nos amado fielmente,
consistentemente e graciosamente, como podemos não compartilhar
esse amor uns com os outros?

ORAÇÃO:
Obrigado, Pai, pelo seu amor maravilhoso e gracioso. Por favor,
continue a derramar esse amor no meu coração através do seu
Espírito Santo. Por favor, ajude-me a perdoar mais, a ser mais
paciente e sacrificial no meu amor pelos seus filhos. No nome de
Jesus. Amém.

04 fevereiro 2009

Devocional para Quarta-feira, 4 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas
em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos
nossos pecados.
-- 1 João 4:10

PENSAMENTO:
Deus nos amou primeiro! Deus pagou o alto preço pela nossa
expiação primeiro! Jesus é o grande caminho através do qual Deus
revela sua misericórdia e justiça. Nós conhecemos amor, porque Ele
o demonstrou. Como estamos demonstrando aos outros a misericórdia e
a justiça de Deus?

ORAÇÃO:
Pai, o seu amor parece ser tão vasto, tão gracioso e tão
poderoso para transformar vidas! Eu lhe peço, ó abençoado Espírito
Santo, que ajude a transformar o meu coração, a fim de refletir
mais perfeitamente e glorificar o Pai. No nome de Jesus eu oro.
Amém.

03 fevereiro 2009

Devocional para Terça-feira, 3 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado
o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele.
-- 1 João 4:9

PENSAMENTO:
Mostrar amor é compartilhar uma vida com alguém. Ninguém
demonstrou este princípio tão bem quanto Jesus! No entanto, seu
sacrifício foi o que nos salvou e nos trouxe para uma nova vida em
Cristo. Agora Deus quer que mostremos seu amor a outros,
compartilhando-o de maneiras que possam compreender e apreciar.

ORAÇÃO:
Santo SENHOR, meu Pai no céu, obrigado por hoje. Ajude-me a
compartilhar minha vida com alguém que precise experimentar da sua
graça. Por favor, ajude-me a reconhecer aqueles que estão feridos,
e dê-me sabedoria para guiá-los de volta ao Senhor. No nome de
Jesus eu oro. Amém.

02 fevereiro 2009

CUIDADO COM O MOVER APOSTÓLICO DE BALAÃO!

O Rei de Moabe contratou um bruxo para amaldiçoar Israel nos dias em que eles tentavam entrar e tomar posse da terra que Abraão recebera de Deus pela fé.
O nome do bruxo era Balaão. Ora, Balaão viera da região da Mesopotâmia até o oriente médio a fim de amaldiçoar Israel. Postou-se sobre as colinas de Moabe, hoje na Jordânia, e, de lá, viu o povo de Israel, acampado bem abaixo do monte, na larga e profunda planície que ali existe.
Tentou três macumbas, mas as três foram invalidadas. Ao contrário, para cada tentativa de amaldiçoar a boca do homem se enchia de declarações de bênçãos aos que ele fora contratado para amaldiçoar.
Então Balaão se entregou...
Um homem que cultuava “poderes espirituais” ficara impressionado com a “proteção” que repousava sobre aquele povo. Desse modo e por esta razão, “converteu-se”...
Balaão é um caso parecido com o do bruxo que se torna “evangélico” apenas em razão do poder, do sucesso, do dinheiro, das multidões, e dos privilégios políticos.
Ora, a “conversão”, carregada de uma visão tipo “Universal”, foi a desgraça de Israel!
Balaão chegou lá dizendo:
Ninguém é como vocês. Aqui está o povo de Deus. Aqui está o poder!
Assim, Israel se empolgou consigo mesmo ante o testemunho que o bruxo dera. E, em razão disso, passou a andar de mãos dadas com Balaão. Não passou muito tempo e Balaão estava dizendo a eles:
Podem fazer o que quiserem. Podem tomar as mulheres do moabitas. Elas estão loucas por vocês. Viram que eu tentei amaldiçoar, mas que Deus apenas abençoa vocês.
No dia seguinte um monte de homens de Israel estavam comendo um monte de mulheres de Moabe.
Era a Graça da proteção sendo usada como Graxa para o coito promiscuo!
Então o juízo veio!
Ora, as epistolas de Pedro e Judas falam exatamente deste tema e com o mesmo exemplo: Balaão.
Em ambas as epistolas o que se denuncia é a Graça de Deus sendo transformada em libertinagem, como Balaão induziu os filhos de Israel a praticarem.

Pergunta:

Será que algo da “teologia da Graça” de Balaão não entrou em você, agora que você se acha..., agora que você se vê como especial?
Cuidado! Tornar-se discípulo de Balaão é a tendência natural da carne quando deseja conciliar “fé” com “libertinagem”.
Leia o que Judas, o irmão de Jesus e de Tiago, o apóstolo, disse sobre o tema:


Judas, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados, santificados em Deus Pai, e conservados por Jesus Cristo: Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados!
Amados, eu estava pensando com todo o coração no que eu vos escreveria acerca da nossa comum salvação, quando me veio a certeza da necessidade de vos escrever, e também de vos exortar a batalhar pela fé que uma vez por todas foi dada aos que crêem em Jesus Cristo.
Digo isto, meus irmãos, porque se introduziram em nosso meio homens perversamente dissimuladores, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam o Único soberano e Senhor nosso, Jesus Cristo.
Devo dizer, no entanto, que já de muito antes eles estavam prescritos para este juízo!
E isto não é nada novo, pois Deus havendo salvado um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu no meio deles a todos os que não creram.
Além disso, não devemos esquecer nunca que mesmo a anjos que não guardaram o seu estado original na criação, mas que escolheram deixar o lugar de sua própria natureza e dimensão, Deus tem guardado sob totais trevas, em prisões que não são feitas de tempo, até ao juízo daquele grande dia.
Também não devemos nunca esquecer de como Sodoma e Gomorra, e as cidades que existiam à volta delas, havendo-se entregue à fornicação—à exemplo dos anjos que abandonaram as suas próprias naturezas indo após outra carne—, foram também postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo que não se conta com o tempo.
Não esqueçam que tudo isto que estamos falando é por causa daqueles que transformam a graça de Deus em libertinagem.
Eles estão assumindo a mesma escolha de natureza, pois quais sonhadores alucinados, perdem de seus próprios olhos toda perspectiva de quem são na criação, e, assim, rejeitam qualquer referencia de autoridade, sentindo-se completamente sem absolutos, eles vituperam dignidades—e a dignidade de qualquer existência tem que ser reconhecida pela outra forma de existência.
Um exemplo extremo disto é o arcanjo Miguel, que quando disputava com o diabo, e contendia a respeito do que aconteceria ao corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra o próprio diabo, mas pelo contrário, disse: O Senhor te repreenda!—mostrando-nos quem é a Única autoridade.
Jamais esqueçamos que falamos daqueles que tentam transformar a graça de Deus em orgia, pois, falam daquilo que pensam que sabem, porém não sabendo, isto faz com que falem maldades acerca do que não conhecem—que é a genuína Graça de Deus.
A tentativa de manipular a graça de Deus e tentar transformá-la naquilo que ela não é, é o que faz tais pessoas perderem até mesmo aquilo que pelo bom senso se conhece, tornando-se assim seres brutos, sem razão e insensíveis...que como irracionais se corrompem...e vão sempre em busca de mais libertinagem...
Eles não conhecem limites nem no próximo e nem em Deus! E que pena! Eles sofrerão muita dor!
De tal sorte que se pode dizer “Ai deles!”, pois não são inconscientes no que fazem.
Infelizmente o que aconteceu é que eles entraram pelo caminho de Caim, que invejava a seu próprio irmão; e tomados de cobiça e pela sede de poder, foram levados pelo engano do prêmio de Balaão; e acabaram perecendo na revolta de Coré contra a eleição na graça, pois foi Coré e os seus os que não aceitaram a graça do dom de Deus dado a Moisés.
E saibam disso: essas pessoas vivem entre vocês. São exaltados e se auto-exaltam entre vocês. Mas aos olhos de Deus eles são como manchas nas festas de amor de vocês.
Eles vivem se banqueteando sem recato e pudor. Não cuidam da alma de ninguém. São pastores de si mesmos. Eles perderam todo e qualquer temor de Deus.
O vento que neles sopra como se nuvens sem água eles fossem, não é outro se não o vento de seus próprios desejos.
Sim, são como nuvens sem água, levadas pelos ventos de um lado para o outro.
O ser deles é infrutífero para eles mesmos. Por dentro são como árvores murchas, infrutíferas, duas vezes mortas, desarraigadas...
Se os víssemos por dentro veríamos ondas impetuosas do mar, que escumam o seu próprio lixo, de modo que aquilo que está no profundo vem à tona.
Como não são gratos a Deus por sua graça, não respeitam nada. Falam em graça...mas para eles a graça de Deus significa permissão para serem infrutuosos em Deus.
É por esta razão, que eles são como estrelas errantes, e que cairão, cairão, cairão...cada vez mais profundamente, para a sua própria dissolvência em eterna escuridade...eles não querem aceitar o centro gravitacional de tudo—a autoridade de Deus—, portanto, terão sua própria eterna existência interior como punição: soltos...soltos...estrelas que não sabem onde é em cima nem em baixo.

Esses seres existem sobre a terra...

E foi acerca da escolha deles que profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo:
Eis que é vindo o Senhor com milhares de suas miríades e miríades de seus milhares, a fim de trazer a luz do juízo sobre todos!...
De tal modo que a luz os condenará, pois revelará seus seres...e assim se saberá que todos os atos de impiedade e falta de misericórdia que eles praticaram...essas mesmas coisas fez Deus que voltassem eternamente para eles.
Eles terão total convicção disto!
Apesar de sua libertinagem eles são murmuradores, queixosos da sua sorte, andando segundo as suas vontades, intenções e cobiças compulsivas, eles se tornam arrogantes também no que falam, mas causam em muitos a impressão de serem autoridade.
Afinal, eles dizem apenas o que todos querem ouvir!
Vós, porém, amados, lembrai-vos das palavras que vos foram preditas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo!
Lembrem que eles vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam conforme suas auto-justificadas compulsões, escondidos sob o disfarce de ovelhas.
Mas é possível identificá-los. Eles é que causam divisões na vida e no corpo de Cristo. Arranjam sempre um pretexto espiritual, mas o que há é paixão total pelos seus próprios egos—paixão essa que eles atribuem erroneamente e conscientemente ao Espírito da Graça.
Nunca esqueçam: eles são os que tentam transformar a graça de Deus em libertinagem, eles são dissimuladores, eles são mestres na arte da manipulação, são suas únicas próprias referencias para a vida e, por isso, receberão como pagamento por serem quem são, a permanente existência no estado que escolheram ser.
Este será o seu próprio castigo.
Vocês, todavia, amados, prossigam sendo edificados e edificando-se na fé santíssima, na graça de nosso Senhor Jesus Cristo. E prossigam crescendo no amor de Deus em seus corações, pela manutenção de um estado de permanente oração no Espírito Santo.

Assim, vos digo:
Considerem-se uns aos outros no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna!
Tenham sempre misericórdia de quem está na dúvida.
Tratem a cada um deles com todo discernimento e carinho.
Desse modo gracioso alguns serão salvos e passarão a odiar até mesmo aquilo que um dia guardaram como aroma romântico dos melhores dias de suas próprias equivocadas ignorâncias, pois, terão sido alcançados pela graça do arrependimento. Então, até as memórias dos odores das roupas que lembravam o que agora a alma passou a chamar de contaminação, serão queimadas no fogo do esquecimento...pois estão perdoadas.
Ora, louvem Aquele que é poderoso para guardar vocês de tropeços, e apresentar vocês irrepreensíveis em Sua graça e justiça, com alegria, perante a sua própria glória!
Ele é o Único: Deus sábio, Salvador nosso!
A Ele seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre!


Amém.

Ora, tudo isto tem a ver conosco, não com “eles”, pois, hoje, NÓS SOMOS ELES!

Nele,

Caio

2 de fevereiro de 2009
Lago Norte
Brasília
DF

Devocional para Segunda-feira, 2 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.
-- 1 João 4:8

PENSAMENTO:
Uma pessoa que não ama não conhece a Deus. É bem simples. Não
precisa dizer mais nada.

ORAÇÃO:
Pai, por favor abençoe-me com um coração cheio de amor, e um
estilo de vida que generosamente compartilhe o amor do Senhor com
os outros. No nome de Jesus eu oro. Amém.

Devocional para Domingo, 1 de Fevereiro, 2009

VERSÍCULO:
Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus;
e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.
-- 1 João 4:7

PENSAMENTO:
A velha canção diz, “Onde, Oh, onde está o amor?” O amor está
com Deus. O amor vem de Deus. O amor é de Deus. Você quer ser mais
amável? Você quer encontrar mais intensidade no seu amor?. Você
quer aprender a amar aqueles que são difíceis de amar? Olhe para
Deus. Mas, onde vemos Deus mais claramente? Jesus! Então veja como
Deus demonstrou seu amor através de Jesus, e faça o mesmo!

ORAÇÃO:
Santo Deus, eu quero demonstrar que o Senhor é meu pai, amando
os outros mais perfeitamente. Por favor, abençoe-me enquanto busco
seguir o exemplo de Jesus ao tratar as pessoas com amor. No nome do
Senhor Jesus eu oro. Amém.
Google