11 agosto 2011

Confissão de Pecados: Uma Oração Puritana



Ó SENHOR DE MISERICÓRDIA,

Perdoa todos os meus pecados do dia, da semana, do ano,
todos os pecados da minha vida,
pecados da juventude, da maturidade e da velhice,
de omissões e comissões,
de mau-humor, impertinência e ira,
dos lábios, da vida e do viver,
da dureza de coração, da incredulidade, da presunção, da soberba,
da deslealdade às almas dos homens,
da falta de decisões ousadas na causa de Cristo,
de zelo insincero pela sua glória,
de trazer desonra ao teu grande nome,
da decepção, da injustiça, da deslealdade
em meus relacionamentos,
da impureza de pensamentos, palavras e atos,
da cobiça, que é idolatria,
de recursos acumulados indevidamente, desperdiçados levianamente,
não consagrados à tua glória, tu que és o grande doador;
pecados em oculto e no seio da família,
no estudo e no lazer, em meio à azáfama dos homens,
na meditação da tua Palavra e na negligência dela,
na oração sem reverência e frivolamente sonegada,
no tempo desperdiçado,
em ceder aos ardis de Satanás,
em abrir meu coração às suas tentações,
em ser descuidado, quando sei que ele está perto,
em extinguir o Espírito Santo;
pecados contra a luz e o conhecimento,
contra a consciência e as restrições do teu Espírito,
contra a lei do amor eterno.
Perdoa todos os meus pecados, sabidos e ignorados, sensíveis e insensíveis,
confessados e inconfessos,
lembrados ou esquecidos.
Ó bom Senhor, ouve; e ao ouvir, perdoa.


do Blog dos Eleitos
Postar um comentário
Google