21 novembro 2016

Devocional para Segunda-feira, 21 de Novembro de 2016

A esperança do cristão não deve ser equiparada ao otimismo infundado. Pelo contrário, trata-se da certeza bendita do nosso destino futuro e baseia-se no amor de Deus, revelado pelo Espírito Santo e objetivamente demonstrado na morte de Cristo.
O verbo (no original) denota uma situação resultante de uma ação no passado.
Quando cremos pela primeira vez em Cristo, o Espírito Santo derrama seu amor em nossos corações, e esse amor continua habitando em nós.
O amor de Deus por nós pecadores e a obediência de Cristo ao Pai foi provada por ele ter morrido por pessoas ímpias, descrentes e indiferentes para com ele e para com Deus.
O ser humano jamais teria este amor que Cristo teve, pois somos seres egoístas e pensamos apenas em nós mesmos. Talvez morreríamos por um filho, ou por alguém que temos laços e vínculos de amor, mas não morreríamos por uma pessoa só porque ela é justa ou boa.
Mas Jesus Cristo morreu por todos nós quando ainda vivíamos em uma vida de pecados, indiferentes a justiça de Deus.
Isto sim, é Amor!

Márcio Melânia

Postar um comentário
Google