09 dezembro 2016

Devocional para Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Este Salmo demonstra na visão do seu compositor o cuidado extremo de DEUS conosco.
Este belo hino era cantado na subida para Jerusalém, o poeta começa descrevendo o cuidado de Deus com uma possibilidade comum -- o tropeço -- que Deus torna impossível.
Nossa caminhada é feita em meio a curvas, buracos e pedras. Assim são as estradas, cheias de curvas, e nós não sabemos o que vem depois delas, mas Deus as conhece e nos guarda.
São assim as ruas das cidades, cheias de buracos, e nem sempre os vemos, mas Deus os vê e nos guarda. Os nossos caminhos são feitos de obstáculos, como Deus nos guarda em nossa caminhada na vida, evitando que tropecemos.
Ele é como um salva-vidas na praia, que a tudo vê.
O guardião (ou protetor ou sentinela) está sempre alerta. Ele não dorme, nem cochila. Ele não tira férias, nem folga. Como Baal, os deuses dormem (1Reis 18.27), mas Deus sequer cochila.
Então, podemos dormir porque o sentinela divino não dorme. Podemos nadar porque o guardião não falha. Podemos viver porque Deus está ao nosso lado.
Podemos nos lembrar sempre que DEUS é EMANUEL, sempre está conosco e não deixará que nossos pés tropecem.

Márcio Melânia
Postar um comentário
Google