26 janeiro 2017

Devocional para, Quinta-Feira, 26 de Janeiro de 2017



Estamos tão acostumadas com as aparências externas que achamos que DEUS segue o nosso padrão ou que tem olhos limitados como os homens.
Muitos têm uma visão pequena sobre DEUS nesse sentido, tendo uma visão muito elevada de si mesmos.
Por isso, quando olhamos para nós, “todos os caminhos” que marcam nossa vida e nossas escolhas “nos parecem puros”.
Enquanto costumamos ser rigorosos com os erros dos outros, desenvolvemos uma autoindulgência, que não somente perdoa os nossos próprios erros como acabamos nem sequer vendo-os. Aos nossos olhos, tudo que fazemos é bom, nada precisa ser mudado ou corrigido e o modo de fazer as coisas serve, em nossa mente, de padrão para todos os demais.
Entre os que agimos desse modo, muitos fingimos que acreditamos nisso e outros, de tanto mentir para si mesmos, acabam acreditando estar muito perto da perfeição.

DEUS não se impressiona com nada disso. Propaganda é algo que se faz entre homens. Esses acreditam nos enganos divulgados por aí, mas DEUS não.
Salomão aqui, diz em outras palavras que “o SENHOR avalia o espírito”. Isso significa que Deus não somente vê atrás das cortinas desse teatro que é a nossa vida, como também nos vê o coração, ou seja, as intenções mais secretas.
Com isso, ELE pode avaliar perfeitamente a qualidade de cada pessoa e de cada ação praticada e propagandeada como perfeita. E não há como enganá-LO.
DEUS nos informa:, “Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto das suas ações (Jeremias 17.10).
Agora, olhemos para nós mesmos: até quando fingiremos ser o que não somos, enquanto DEUS vê tudo que está por trás da cortina do nosso coração?
Resta-nos orar: "SENHOR, tenha Misericórdia de nós!"

Márcio Melânia
Postar um comentário
Google