18 janeiro 2017

Devocional para Quarta-Feira, 18 de Janeiro de 2017



“Quando [as mulheres] voltaram do sepulcro, contaram todas estas coisas aos Onze e a todos os outros… Mas eles não acreditaram nas mulheres; as palavras delas lhes pareciam loucura. Pedro, todavia, levantou-se e correu ao sepulcro. Abaixando-se, viu as faixas de linho e mais nada; afastou-se, e voltou admirado com o que acontecera”. Lucas 24.9-12

Este texto só fala de Pedro e de como teria ficado “admirado”, mas em outro Evangelho vemos que ele estava acompanhado de João na visita ao sepulcro vazio, que quando chegou lá, “viu e creu” (João 20.8). Creu em que, se no sepulcro restavam apenas “as faixas de linho e mais nada” (Lucas 24.12; João 20.6-7)? Creu nas Escrituras que previam a morte e ressurreição do MESSIAS, e nas palavras de JESUS.
O Evangelho de Marcos nos diz que “quando JESUS ressuscitou, na madrugada do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, de quem havia expulsado sete demônios” (Marcos 16.9). Vemos que apareceu também a Pedro, antes do encontro com dois discípulos no caminho de Emaús.

Em sua carta aos Coríntios, Paulo diz que JESUS “apareceu a Pedro e depois aos Doze. Depois disso apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma só vez… Depois apareceu a Tiago e, então, a todos os apóstolos” (1 Coríntios 15.5-8). Ele não menciona as mulheres, pois na época elas não eram contadas como testemunhas. Embora então só restassem onze apóstolos, Paulo fala de JESUS ter aparecido “aos doze”, tratando-os como um corpo administrativo, como quando dizemos que o Congresso aprovou uma lei, mesmo que nem todos os congressistas estivessem presentes à sessão.

Tomé não creu enquanto não o viu com seus próprios olhos e foi convidado a tocar em seu corpo.
Talvez até consideremos Tomé feliz por tamanho privilégio, mas não é o que JESUS pensa dos que querem ver para crer: “Disse-lhe Tomé: ‘SENHOR meu e DEUS meu!’ Então JESUS lhe disse: ‘Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram’.”
Que a reprimenda feita a Tomé sirva para nós também: “Pare de duvidar e creia”, disse JESUS a Tomé e ELE diz o mesmo a nós (João 20.27-29).

Oremos, pedindo ao SENHOR que aumente a nossa fé tão pequenina! Que creiamos agora, SENHOR!

Márcio Melânia
Postar um comentário
Google