01 janeiro 2017

Devocional para Segunda-Feira, 02 de Janeiro de 2017



Para os cristãos há duas maneiras de crer.
Uma delas é crer a respeito de DEUS, o que significa que cremos que aquilo que é ensinado sobre DEUS é realmente verdade. É semelhante a crer que aquilo que é ensinado sobre o demônio ou sobre o inferno é verdade. Esse tipo de crença é mais uma declaração de conhecimento do que uma expressão de fé.
A outra maneira é crer em DEUS. Isso inclui não apenas crer que aquilo que é ensinado sobre DEUS é verdade, mas também confiar NELE e atrever-se a estar em relacionamento com ELE. Significa crer, sem dúvida alguma, que ELE é realmente o que diz ser, e que ELE fará tudo o que diz que fará. Não acreditaríamos em qualquer pessoa com essa mesma intensidade, não importando o quanto outras pessoas fossem capazes de louvá-la. É fácil acreditarmos que alguém é piedoso, mas outra coisa bem diferente é confiarmos completamente nele.
Os cristãos que acreditamos em DEUS creem em tudo que está escrito a respeito DELE nas Escrituras. Ousamos acreditar nisso na vida e na morte.
Essa fé nos faz verdadeiros cristãos e dá a nós tudo que desejamos de DEUS.
Uma pessoa com um coração ruim, hipócrita, não pode ter esse tipo de fé, pois se trata de uma fé viva, como é descrita no primeiro mandamento: “Eu sou o SENHOR, o Teu DEUS […] não terás outros deuses além de MIM” (Êxodo 20.2-3).

Portanto, a pequena palavra "em" é bem colocada e deve ser observada cuidadosamente. Na recitação do credo nós não dizemos: “Eu creio DEUS PAI” ou “Eu creio sobre DEUS PAI”, mas “Eu creio em DEUS PAI, em JESUS CRISTO, no ESPÍRITO SANTO”. Somente DEUS pode dar-nos esse tipo de fé.

Que neste ano, o próprio DEUS nos conceda (aos que não tem) e amplie esta fé!

Márcio Melânia

Postar um comentário
Google