22 fevereiro 2017

Devocional para Quarta-Feira, 22 de Fevereiro de 2017



Façamos de nosso lar um lugar onde se busca sempre a orientação de DEUS.

Edifiquemos o nosso lar como um lugar onde se tem a DEUS como fundamento.

Precisamos desejar ter os desejos de DEUS como aqueles em que vale a pena se deleitar (Salmo 37.4).

Desejemos receber as bênçãos de DEUS, como sendo a melhor a orientação para uma vida familiar saudável. O resto vem como boa conseqüência. ("Portanto, não permitam que o pecado continue dominando os seus corpos mortais, fazendo que vocês obedeçam aos seus desejos -- Romanos 6.12. Revistam-se do Senhor JESUS CRISTO, e não fiquem premeditando como satisfazer os desejos da carne -- Romanos 13.14)

Desejemos ser alimentado pelos valores de DEUS, que são elevados, mas que nos acrescentam qualidade à vida. ("Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de DEUS e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas" -- Mateus 6.33)

"SENHOR, dá-nos a bênção de sempre acreditar que a família é o seu projeto para mim.
Ajuda-me a manter esta convicção, até quando tudo parecer conspirar contra ela.
Mesmo que todos ao me redor me convidem para outros caminhos, ajuda-me a ficar no caminho da família, agradecendo a Ti por ela, intercedendo a Ti por ela, como sei que os outros intercedem por mim.
Ainda que eu não veja futuro para mim nela, corrija-me, para que eu mude a minha visão.
Se estivermos todos destroçados, sob os escombros da escassez, eu te rogarei para que nos ponhas um chão e nos cubras com um teto e nos aqueças com o afeto, para que tu nos reconstruas.
Não permita que algum de nós desista do outro.
SENHOR, se tudo estiver bem lá em casa, ajuda-me a manter esta convicção de que és tu quem nos edificas.
Quando for muito o sorriso, não permita que nossa família se ensoberbeça, achando-se a melhor e a mais perfeita da igreja ou da terra.
Quando for rara a lágrima, não nos deixes esquecer que tu és o nosso fundamento.
SENHOR, na tristeza e na tranqüilidade, ensine-nos a valorizar a vida familiar, como tu avalias. Em nome de Jesus".

Márcio Melânia
Postar um comentário
Google