05 março 2017

Devocional para Domingo, 05 de Março de 2017



Este verso faz parte em seu contexto, do conhecido Sermão do Monte, quando JESUS fala sobre os as bem-aventuranças. O que ELE afirma é um verdadeiro absurdo, tanto para aquela época quanto para hoje. Na psicologia de JESUS, felizes são os pobres de espírito, os chorões, os famintos, os misericordiosos, os limpos de coração, os pacificadores, os insultados, os caluniados (Mateus 5.1-12).

Desta forma, JESUS agrediu o conceito geral e particular da fe­licidade pessoal. Como é possível serem felizes os que choram? Como é possível serem felizes os que não satisfazem os desejos da carne? Como é possível serem felizes os que levam desaforos para casa, os que não se vingam na base do olho por olho, dente por dente?

Mas JESUS não deixa por menos. Quem está equivocado não é ele, mas a cultura do pecado. O certo virou de cabeça para baixo no mo­mento da queda, lá em Adão.

JESUS está tentando mostrar que o que está de cabeça para baixo precisa ficar de cabeça para cima outra vez. O verdadeiro conceito de felicidade não é o que está em voga, mas o revolucionário, proposto por JESUS.

Rompendo com o modelo da cultura estabelecida pelo pecado, a contracultura cristã apresentada por JESUS põe-nos em xeque em nosso limitado entendimento espiritual.

"Meu PAI, ajuda-nos a viver uma vida diferente, que nos leve mais próximos de TI, em oposição aos valores e costumes deste mundo de pecados. Faz-nos compreender a Tua Palavra que é Luz para nosso caminhar. Amém."



Márcio Melânia

Postar um comentário
Google