05 maio 2017

Devocional para Sexta-Feira, 05 de Maio de 2017



Quando os filhos de Israel entraram na Terra Prometida, eles estavam se preparando para viver em casas permanentes em vez de tendas que eram desmontadas cada poucos dias ou semanas. Josué, emitiu um desafio para as familias israelitas. Que Deus ou deuses eles iriam servir? Serveriam os deuses do Egito onde foram escravizados? Serveriam os deuses adorados por diversos povos que encontraram em sua nova terra?
Eles tinham que fazer uma decisão, e sua decisão faria toda a diferença no mundo, não somente em suas vidas mas em toda sua história.

Há muitas escolhas que podemos fazer, no entanto, a que é absolutamente vital é para servir ao SENHOR. Podemos optar por ter os nossos falsos deuses (o amor ao dinheiro, roupas, jóias, esportes, TV, etc.) ou podemos escolher a caminhar com DEUS. Precisamos estar cientes de que tudo o que nós amamos mais do que Deus é um deus falso. Assim como Josué, o apóstolo Paulo nos exorta: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de DEUS.” (Romanos 12:2)

Josué ordenou ao povo a arrepender-se, dizendo: “joguem fora os deuses estrangeiros que estão com vocês e voltem-se de coração para o SENHOR, o DEUS de Israel” (v. 23).

Josué tomou a decisão junto com sua família para servir ao SENHOR. Precisamos estar cientes de que nossas decisões têm conseqüências boas ou más, não somente sobre nós, mas também sobre outras pessoas. A decisão egoísta afeta nossas famílias de forma negativa. Da mesma forma, a decisão de servir a DEUS influencia positivamente nossas famílias.

Assim como Josué deu um bom exemplo para sua família seguir a DEUS, cada cristão deve fazer uma declaração semelhante à família que o SENHOR lhe deu. Embora Josué poderia dar o exemplo, ele não poderia fazer a escolha para eles, as pessoas tinham que escolher para si mesmas.  A quem você servirá hoje?

Eu tenho orado assim: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.


Márcio Melânia

Postar um comentário
Google